Máquinas mostradas em vídeo no WhatsApp foram compradas por SP, não pela União

Máquinas mostradas em vídeo no WhatsApp foram compradas por SP, não pela União

Veículos estacionados no Instituto Agronômico de Campinas foram comprados com recursos próprios do governo estadual

Gabi Coelho

21 de março de 2022 | 16h09

Simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro (PL) espalham nas redes sociais e aplicativos de mensagens que máquinas compradas pela União estão retidas no Instituto Agronômico de Campinas (IAC). Segundo as postagens enganosas, o governador João Doria (PSDB) quer entregar os veículos aos prefeitos paulistas durante sua campanha presidencial. Mas as máquinas — chamadas de motoniveladoras — foram compradas pela gestão estadual, e não pelo governo federal, segundo a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e o Ministério do Desenvolvimento Regional.

Leitores pediram a checagem deste vídeo por WhatsApp, no número (11) 97683-7490.

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento informou que o maquinário que aparece na publicação apontada pela reportagem foi adquirido com recursos próprios do governo de São Paulo. “O maquinário é disponibilizado pelo Estado aos 645 municípios paulistas por meio de convênios de programas como o ‘Frota Agro’”, disse o órgão. 

O Ministério do Desenvolvimento Regional – órgão do governo federal responsável pelo planejamento territorial urbano e da política fundiária dos municípios – confirmou que os maquinário não foi comprado pela pasta para o Estado de São Paulo. O Ministério informou que “todas as máquinas adquiridas saem da fábrica com adesivo do MDR e o maquinário do vídeo não possui tal adesivo”. 

O local mostrado no vídeo, segundo a Secretaria de Agricultura, é a Fazenda Santa Elisa, localizada em Campinas. De fato, ela pertence ao IAC, mas não se trata da sede principal. Por telefone, o Instituto Agronômico de Campinas confirmou que a localização do vídeo é a fazenda citada pela Secretaria de Agricultura. 

As máquinas mostradas na gravação são motoniveladoras da empresa XCMG. São usadas na construção civil e em serviços rurais para nivelar o solo.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.