Manifestação de juízes a favor de Moro de 2016 é compartilhada como se fosse recente
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Manifestação de juízes a favor de Moro de 2016 é compartilhada como se fosse recente

Ajufe saiu em defesa de Moro após episódio de divulgação de conversa entre Lula e Dilma

Alessandra Monnerat

02 de julho de 2019 | 15h37

Manifestação a favor de Moro em Brasília, no dia 30 de junho de 2019. Foto: Gabriela Biló/ESTADÃO

Manifestação a favor de Moro em Brasília, no dia 30 de junho de 2019. Foto: Gabriela Biló/ESTADÃO

Uma manifestação de apoio a Sérgio Moro feita por associações de juízes federais em 2016 foi compartilhada na semana passada no Facebook como se fosse recente. Na verdade, as entidades haviam divulgado nota defendendo o então titular da 13ª Vara de Curitiba após o episódio da divulgação de conversas entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

No Facebook, um usuário compartilhou um vídeo de uma reportagem da GloboNews de 17 de março de 2016, quando ocorreram protestos contra a posse de Lula como ministro-chefe da Casa Civil, além da manifestação de juízes. A publicação na rede social não deixa claro que a matéria é antiga e nos comentários é possível ver que pessoas entenderam que a gravação era recente. O vídeo enganoso teve 85 mil visualizações desde sexta-feira.

A demonstração de apoio em 2016 foi organizada pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e pela Associação Paranaense dos Juízes Federais do Brasil (Apajufe). Na época, Moro havia levantado sigilo sobre áudios de diálogo entre Lula e Dilma gravado pela Operação Lava Jato. A conversa sugeria que a indicação do ex-presidente para a Casa Civil poderia ser uma manobra para evitar sua prisão. A divulgação dos áudios foi questionada e Moro chegou a se desculpar em ofício ao Supremo Tribunal Federal (STF)

Neste último domingo, 30, manifestantes saíram às ruas de várias cidades do País em defesa de Moro. No último mês, o site The Intercept Brasil divulgou conversas atribuídas ao ex-juiz federal e ao procurador da República Deltan Dallagnol nas quais os dois trocavam informações sobre a Lava Jato. Nesta segunda-feira, 1º, o Estadão Verifica mostrou que uma foto antiga foi atribuída aos protestos do atual ministro da Justiça e Segurança Pública. 

Este conteúdo foi selecionado para checagem por meio da parceria entre Estadão Verifica e Facebook. Para sugerir verificações, envie uma mensagem por WhatsApp ao número (11) 99263-7900.

Tendências: