Postagem satírica inventa declaração de Johnny Depp sobre Bolsonaro

Postagem satírica inventa declaração de Johnny Depp sobre Bolsonaro

Conteúdo começou a circular em páginas de memes, mas foi compartilhado sem contexto e confundiu usuários nas redes sociais

Gabi Coelho

02 de junho de 2022 | 16h37

Uma postagem satírica com uma frase atribuída ao ator Johnny Depp tem sido compartilhada fora de contexto no Facebook e no Instagram. No post, o americano supostamente compara sua vitória judicial no processo contra a ex-mulher Amber Heard com a eleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2018. Embora o conteúdo tenha começado a circular em páginas de memes, ele também foi compartilhado em perfis em que a intenção humorística não fica tão clara. Nos comentários, usuários se perguntam se a citação é real.

A postagem afirma que Depp teria elogiado Bolsonaro em entrevista ao The New York Times. Mas a frase não foi publicada pelo jornal americano

“Esta vitória não é só minha, mas é uma vitória da verdade sobre a mentira. Assim como foi a vitória de Jair Bolsonaro no Brasil em 2018. Espero que os brasileiros entendam o valor da liberdade e da verdade e reelejam Jair Bolsonaro em 2022”, diz a frase. 

Provocações como essa circularam após internautas brasileiros subirem no Twitter a hashtag “Truth Wins” (“A verdade venceu”) — minutos após a decisão do julgamento de Depp e Heard, que começou em abril e foi concluído depois de quase 50 dias. O Brasil é o segundo país que mais realizou buscas sobre assuntos relacionados a Johnny e Amber nesse período — Itália e Portugal ocupam o 1º e 3º lugar, segundo o Google Trends. 

">

Após a decisão do julgamento, Bolsonaro aproveitou o momento para compartilhar um tuíte que dizia “então você conhecerá a verdade, e a verdade o libertará”, referente ao trecho do Evangelho de São João, no capítulo 8, versículo 32. O presidente concluiu saudando Johnny Depp: “abraços do Capitão Jair Bolsonaro”. 

O presidente também ironizou uma publicação de Amber Heard de 2018. Naquele ano, a atriz usou a hastag #EleNao para compartilhar um artigo publicado pelo The New York Times com críticas ao atual presidente. 

O portal Boatos.Org também publicou uma checagem sobre a frase atribuída a Johnny Depp. 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.