Imagens fora de contexto são usadas para dizer que europeus fugiram para África na Segunda Guerra Mundial
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Imagens fora de contexto são usadas para dizer que europeus fugiram para África na Segunda Guerra Mundial

Colagem de três fotos retrata, na verdade, milhares de albaneses à bordo do navio Vlora, em agosto de 1991, após a queda do regime comunista

Paulo Roberto Netto

30 de outubro de 2019 | 15h59

Navio carrega refugiados albaneses que deixaram o país após crise econômica e conflitos armados. Foto: Luca Turi / Ansa / Reuters (04/05/1997)

Três imagens antigas são utilizadas fora de contexto para afirmar que europeus fugiram para a África durante a Segunda Guerra Mundial. A peça de desinformação é antiga e circulou no exterior, especialmente na Europa, em meio a discussões sobre refugiados. As fotos, no entanto, retratam episódio histórico da Albânia na década de 1990.

Por meio de busca reversa de imagem, foi possível localizar a primeira foto em uma reportagem do jornal alemão Der Tagesspeigel publicada em 13 de outubro de 2013. O texto relata a invasão de milhares de albaneses ao navio “Vlora”, em agosto de 1991, após a queda do regime comunista.

Documento

O crédito da imagem é dado ao fotógrafo Vittorio Arcieri, que ficou conhecido por retratar o episódio da história albanesa. A imagem está disponível na agência alemã Picture Alliance e o registro foi feito no dia 8 de agosto de 1991 no porto de Bari, na Itália.

A segunda imagem da montagem é um frame de uma cena do documentário italiano La Dolce Nave (2012), que retrata o caso do navio Vlora.

A terceira foto, por sua vez, é um frame de reportagem da emissora italiana Antenna Sud, da região de Puglia, no sul da Itália, que recorda os vinte anos do acontecimento de 1991. O vídeo foi publicado no canal de Youtube do veículo no dia 8 de agosto de 2011.  A cena específica pode ser conferida no trecho 00:00:32.

Europeus fugiram durante a Segunda Guerra Mundial?

Apesar de utilizar imagens fora de contexto, é verdadeira a afirmação de que cidadãos deixaram o continente europeu por medo dos desdobramentos da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e o período pós-guerra no século XX.

Segundo dados da Middle East Relief and Refugee Administration, organização liderada pelo Reino Unido em 1942, cerca de 40 mil poloneses, gregos e iugoslavos deixaram seus países durante os conflitos. Os refugiados europeus foram deslocados para campos no Egito, na Síria e na Palestina.

Caminho da verificação. Para verificar esta peça de desinformação, o Estadão Verifica utilizou as ferramentas de busca reversa de imagem TinEye, para identificar a primeira e terceira foto, e o Google Imagens, para a segunda.

Também foram consultadas reportagens dos jornais Der Tagesspiegel, da Alemanha, The Washington Post, dos Estados Unidos, e Antenna Sud, da Itália, sobre o caso do navio Vlora e sobre a fuga de europeus durante a Segunda Guerra Mundial.

O vídeo da Antenna Sud foi localizado no YouTube utilizando busca pelas palavras-chave “Vlora” e “1991”. A reportagem também consultou dados do documentário La Dolce Nave no Internet Movie Database (IMDb).

Este boato foi selecionado para verificação por meio da parceria entre o Estadão Verifica e o Facebook. O Polígrafo, agência de fact-checking de Portugal, o Snopes, dos Estados Unidos, e a AFP Checamos também desmentiram este conteúdo.