Homem que anuncia a demissão de 60% de seus funcionários não é dono do Carrefour e Atacadão

Homem que anuncia a demissão de 60% de seus funcionários não é dono do Carrefour e Atacadão

Vídeo que viralizou nas redes sociais é de Ricardo Diniz, empresário de uma distribuidora de alimentos paulista

Alessandra Monnerat

28 de janeiro de 2021 | 13h04

É falso que o dono das redes de supermercados Carrefour e Atacadão tenha anunciado, em vídeo que circula nas redes sociais, a demissão de 60% de seus funcionários. Na realidade, o homem que aparece na gravação é o empresário Ricardo Diniz, da distribuidora Atacado Diniz, de Jarinu, em São Paulo. O “desabafo” no Facebook foi publicado originalmente em 27 de março de 2020, pelo filho Renne.

No vídeo, Diniz que os governantes estão dando uma “atenção absurda” ao novo coronavírus. Ele também defende o presidente Jair Bolsonaro e a reabertura da economia. Na época, eram 3.477 infectados e 93 mortos pela covid-19 no País. Nesta quarta-feira, o Brasil ultrapassou a marca de 220 mil mortes pela doença.

Leitores pediram a checagem deste conteúdo por meio do WhatsApp do Estadão Verifica11 97683-7490.

O Carrefour informou em nota que não houve demissões recentes como as mencionadas nos vídeos. A assessoria de imprensa da rede de supermercados ressaltou que o vídeo já havia circulado em março de 2020 e voltou a viralizar recentemente.

O CEO global do Grupo Carrefour é o francês Alexandre Bompard. No Brasil, o CEO do Carrefour é Noël Prioux. Já o CEO do Atacadão, que pertence ao mesmo grupo, é Roberto Müssnich.

Em 2020, Fato ou Fake, Lupa e Boatos.Org também publicaram checagens sobre esse assunto.

Tudo o que sabemos sobre:

carrefourfake news [notícia falsa]

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.