Foto de médico é usada para associar Adélio a Lula em boato falso
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Foto de médico é usada para associar Adélio a Lula em boato falso

Foto que circula nas redes sociais de homem abraçado com ex-presidente é do ortopedista filiado ao PT Marcos Heridijanio

Tiago Aguiar

10 de janeiro de 2020 | 12h21

Circula pelas redes sociais uma foto que mostra um homem abraçado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na imagem, a legenda afirma que trata-se do irmão de Adélio Bispo, homem que agrediu o presidente Jair Bolsonaro com uma facada em setembro de 2018. É mentira que haja qualquer relação do homem da foto com a família de Adélio.

O homem na foto é o médico ortopedista Marcos Heridijanio Moura Bezerra. Marcos é filiado ao PT e foi candidato a deputado federal em Pernambuco em 2018. A imagem foi publicada na página em que Marcos divulgava sua candidatura e que hoje concentra comentários políticos. Ele mora em Petrolina e fez um vídeo em que mostra indignação com as publicações que o associam a Adélio Bispo.

Esta foto, na verdade, mostra o médico Marcos Heridijanio, e não Adélio Bispo. Foto: Reprodução/Facebook

Todos os quatro irmãos de Adélio Bispo de Oliveira moram em Montes Claros, em Minas Gerais, e segundo reportagem da Folha de S.Paulo do ano passado, não tinham dinheiro sequer para visitá-lo na penitenciária federal que está, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

O Aos Fatos, o Fato ou Fake, o Boatos.org e a Agência Lupa também checaram essa imagem. Esta verificação foi feita por meio da parceria entre Estadão Verifica e Facebook.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.