Foto antiga é usada para alegar falsa reunião entre casal Kirchner, Dilma e Pablo Escobar
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Foto antiga é usada para alegar falsa reunião entre casal Kirchner, Dilma e Pablo Escobar

Boato desmentido voltou a circular no Facebook nos últimos dias; argentinos estão na foto, mas brasileira e colombiano, não

Alessandra Monnerat e Caio Sartori

29 de abril de 2019 | 14h01

Imagem na internet identifica erroneamente terceira mulher à esquerda como a ex-presidente Dilma Rousseff. Foto: Reprodução/Facebook

Um boato antigo que alega que a ex-presidente Dilma Rousseff aparece em foto com Pablo Escobar voltou a circular no Facebook. Não é verdade que a petista tenha posado ao lado do famoso traficante colombiano. A imagem com mensagem falsa ainda diz que os ex-presidentes argentinos Néstor e Cristina Kirchner estariam na foto.

Os políticos peronistas de fato estão na foto, mas Dilma e Pablo Escobar, não. O homem que dizem ser o colombiano é Miguel Ángel Zuvic, pai da política argentina Mariana Zuvic. A checagem foi feita pelo jornal La Gaceta, que apurou a origem da foto em 2014, quando o boato começou a se espalhar na internet.

Segundo o periódico da Argentina, o próprio Miguel esclareceu em seu Facebook a ocasião em que a fotografia foi tirada. “Essa foto foi em um aniversário meu, já que Néstor, também de Peixes e do mesmo ano de nascimento (1950), gostava de passar conosco”, escreveu. De acordo com ele, a mulher entre Néstor e Cristina era sua falecida esposa, Ema, e não a ex-presidente brasileira.

Este conteúdo foi selecionado para checagem por meio da ferramenta de fact checking do Facebook. Leia mais sobre a parceria com o Estadão Verifica aqui. Os sites Boatos.Org e E-Farsas também verificaram essa foto.

Tendências: