As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ex-presidente suíço não estava rindo de Gleisi e Lula em vídeo viral

Gravação que circula no WhatsApp tem legendas em português que não correspondem ao que o homem fala em alemão

Alessandra Monnerat

01 Novembro 2018 | 16h15

Uma gravação do ex-presidente suíço Hans-Rudolf Merz tendo um ataque de riso durante um discurso tem circulado no WhatsApp — a legenda afirma que ele estaria fazendo troça da presidente do PT, a deputada federal eleita Gleisi Hoffmann (PR), e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas na verdade o vídeo é de 2010 e não tem nenhuma relação com as eleições brasileiras.

Para encontrar a filmagem original, bastou buscar o nome do político suíço junto com a palavra-chave “Lula”. O ataque de riso de Merz foi notícia em vários jornais há oito anos. A reportagem publicada no Estado conta que o então ministro das Finanças do país europeu “lia uma pergunta impenetrável sobre a burocracia para a importação de carnes temperadas”.

O motivo para tanto riso? “Ele depois admitiu não ter entendido o jargão empregado na pergunta”, informa a matéria de 2010.

A versão enganosa que circula atualmente no WhatsApp tem legendas em português que não correspondem ao que o homem fala em alemão. A história contada é que Gleisi teria pedido que o Parlamento Europeu homenageasse Lula por ser um homem honesto, o que o teria feito rir.

O vídeo já teve outras versões enganosas. O site Boatos.Org registrou que, em 2014, o mesmo vídeo foi compartilhado com legendas que diziam que Merz estava “humilhando” a ex-presidente Dilma Rousseff e falando mal da Copa do Mundo.

O boato foi enviado por leitores do Estadão Verifica ao número de WhatsApp (11) 99263-7900.