É falso que Ford tenha desistido de fechar fábricas no Brasil; posts usam vídeo de 2019
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

É falso que Ford tenha desistido de fechar fábricas no Brasil; posts usam vídeo de 2019

Senador Jacques Wagner, que aparece em imagens que viralizaram nas redes, esclareceu que a reunião noticiada no vídeo ocorreu há quase dois anos

Victor Pinheiro, especial para o Estadão

14 de janeiro de 2021 | 17h33

Publicações enganosas nas redes sociais usam vídeos gravados em 2019 para disseminar boatos de que a Ford teria desistido de sair do Brasil. A montadora anunciou nesta segunda-feira, 13, que pretende desativar todas as fábricas da empresa no País e encerrar a produção de carros nacionais.

As imagens empregadas fora de contexto são de um blog chamado Gabinete de Comando. No clipe, um apresentador noticia que a Ford tinha planos de sair do País, mas que a equipe econômica do Governo Federal conseguiu reverter a situação. Em seguida, o vídeo mostra uma relato do senador Jacques Wagner (PT-BA) em que ele afirma que o ministro da Economia, Paulo Guedes, garantiu a continuidade dos subsídios da montadora até 2025.

Nesta quarta-feira, 13, o ex-governador da Bahia usou o Facebook para esclarecer que o vídeo é antigo. “Circula nas redes um vídeo antigo, de março de 2019, no qual relato reunião com o ministro da Economia em que ele garantiu a continuidade dos subsídios federais para a Ford Brasil na Bahia até 2025”, diz o comunicado. Jacques Wagner, inclusive, compartilhou o discurso em 13 de março de 2019 em seu perfil na rede social.

O autor do blog Gabinete de Comando também se pronunciou sobre o uso indevido do material. “Eu peço que desconsiderem o vídeo, é uma informação antiga”, afirmou em vídeo publicado nesta quarta-feira.

Até esta quinta-feira, 14, a última notícia publicada no portal de imprensa da Ford Brasil tratava justamente do encerramento das operações de manufatura no Brasil. Apesar do fechamento das fábricas no País, a empresa manterá sua sede administrativa em São Paulo, o centro de desenvolvimento de produtos, na Bahia, e o campo de provas de Tatuí (SP).

Este boato também foi verificado pelo Boatos.org e o Fato ou Fake, do G1.

Tudo o que sabemos sobre:

fake news [notícia falsa]fordpaulo guedes

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.