É falso que balão com imagem de Lula tenha caído em penitenciária de Goiás

É falso que balão com imagem de Lula tenha caído em penitenciária de Goiás

Montagem circula no Facebook desde abril; objeto com rosto do ex-presidente foi inserido digitalmente em foto de penitenciária em SP

Ana Carolina Santos

29 de junho de 2021 | 13h07

São falsas postagens no Facebook que afirmam que um balão estampado com a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) caiu em uma penitenciária de segurança máxima em Goiás. Os posts são acompanhados de uma montagem que insere um balão sobre os muros de um presídio; na foto original, de uma prisão em Lavínia, no interior de São Paulo, o objeto não aparece.

As publicações, que somam 3,6 mil interações no Facebook de acordo com a ferramenta CrowdTangle, afirmam: “Em Goiás, PeTistas soltaram um enorme balão com a estampa do Lula. Acreditem se quizer (sic), o balão caiu dentro de um presídio de segurança máxima.”

Foto de balão com o rosto de Lula em penitenciária é falsa

A foto que acompanha as postagens é uma montagem. Ao usar a ferramenta de busca reversa de imagens, verifica-se que a fotografia original aparece em uma reportagem do G1 publicada em março de 2018 sobre a morte de um detento na penitenciária de Lavínia, no interior de São Paulo. É um frame de um vídeo veiculado pela TV TEM em fevereiro de 2017, na ocasião em que houve conflitos entre presos e agentes no mesmo local.

Comparando a imagem manipulada com a foto original, vê-se semelhanças entre elas, tais como: a copa de uma árvore que aparece atrás do muro; as torres da construção, o detalhe à direita do gramado. O balão, inserido digitalmente, é a única distinção.

A assessoria de imprensa da Diretoria Geral de Administração Penitenciária de Goiás confirmou que nenhum balão com o rosto de Lula caiu em um dos presídios do Estado.

Na semana passada, o Estadão Verifica checou outras montagens que envolviam o ex-presidente Lula; em várias fotos do petista, foram inseridas imagens de Lázaro Barbosa, acusado de matar uma família no Distrito Federal.

A montagem do balão de Lula já circulou pelas redes sociais em abril deste ano. Iniciativas como AFP Checamos, Aos Fatos, Boatos.org, Fato ou Fake e Lupa também verificaram o conteúdo.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.