É falso post sobre fechamento de agências dos Correios
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

É falso post sobre fechamento de agências dos Correios

Bolsonaro já afirmou intenção de privatizar a empresa estatal, mas ainda não há anúncio oficial sobre desativação de unidades

Alessandra Monnerat

06 de maio de 2019 | 17h01

Post fala sobre fechamento de agências sem citar fontes confiáveis. Foto: Helvio Romero/Estadão

 

Não houve anúncio de fechamento de agências dos Correios para privatização, ao contrário do que afirma uma publicação com 2,1 mil compartilhamentos desde o sábado no Facebook. Segundo o post, 1.513 unidades seriam fechadas e 15,3 mil funcionários seriam demitidos — no entanto, os Correios informam que as alegações não procedem.

Em 2018, de acordo com a empresa estatal, foram fechadas 41 agências em 2018, parte de um “processo de remodelagem da rede de atendimento”. “Essas unidades eram deficitárias e estavam localizadas próximas de outras agências, que absorveram o atendimento ao público”, informou, em nota, a assessoria comunicação dos Correios.

No dia 25 de abril, o presidente Jair Bolsonaro afirmou em café da manhã com jornalistas que já havia dado “sinal verde” para estudos de privatização dos Correios. A intenção, no entanto, ainda não se concretizou e não há anúncio oficial sobre desativação de agências ou demissões de funcionários.

Este conteúdo foi selecionado para checagem por meio da parceria de fact checking com o Facebook (leia mais aqui). Quer sugerir uma checagem para o Estadão Verifica? Envie uma mensagem para (11) 99263-7900.

Tudo o que sabemos sobre:

correiosfake newsjair bolsonaro

Tendências: