Dono de pousada em Brumadinho não gravou vídeo com mensagem de desapego
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dono de pousada em Brumadinho não gravou vídeo com mensagem de desapego

Gravação foi feita por jornalista, que desmentiu boato em rede social; envie conteúdos suspeitos para (11) 99263-7900

Alessandra Monnerat

01 de fevereiro de 2019 | 17h47

Moradores de Brumadinho observam a lama que atingiu a cidade. Foto: Washington Alves/Reuters

Um vídeo em que um homem faz uma reflexão sobre desapego de bens materiais tem circulado nas redes sociais com a legenda “olha o dono da pousada em Brumadinho”. Na verdade, a gravação mostra Sérgio Cursino, que em seu site pessoal se apresenta como jornalista, radialista e publicitário.

O dono da pousada atingida pelo rompimento da barragem em Brumadino se chamava Márcio Mascarenhas, conforme informou reportagem do Estado. O corpo dele foi identificado nesta quarta-feira, 30. No Facebook, Cursino desmentiu o boato, brincando: “Sou o morto mais saudável do Brasil. E vivo”.

A Defesa Civil também encontrou o corpo do filho e da mulher de Márcio, Marcio Coelho Barbosa Mascarenhas e Cleosane Coelho Mascarenhas. A Pousada Nova Estância ficava em  uma área de mata perto da mineradora, e o estabelecimento foi destroçado pela lama.

Uma das versões do boato no Facebook teve 1 milhão de visualizações desde a quinta-feira, 31, com 85 mil compartilhamentos. O site Boatos.Org também fez checagem sobre o assunto.

Leia outros desmentidos sobre Brumadinho.

Mais conteúdo sobre:

brumadinho