Conta falsa de Villas Bôas espalha tuíte sobre ‘ações do Exército’ após julgamento de prisão em segunda instância
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Conta falsa de Villas Bôas espalha tuíte sobre ‘ações do Exército’ após julgamento de prisão em segunda instância

Tuíte de perfil impostor usou parte de mensagem publicada pelo general no ano passado, antes de julgamento de habeas corpus de Lula

Alessandra Monnerat e Paulo Roberto Netto

08 de novembro de 2019 | 15h33

Não é verdade que o general Eduardo Villas Bôas, assessor do Gabinete de Segurança Instituicional (GSI), tenha ameaçado em redes sociais convocar o Exército após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre prisão em segunda instância. A postagem que afirma que a cúpula das Forças Armas se reuniria para “definir ações” com objetivo de “assegurar a estabilidade” foi feita por uma conta falsa no Twitter.

A publicação falsa foi divulgada por um perfil chamado @Gen_ViIIasBoas (com a letra “I” maiúscula no lugar das duas letras “L” minúsculas). É uma imitação da conta oficial do assessor do GSI, com a mesma foto de usuário. O perfil de Villas Bôas tem um selo azul, que indica que o Twitter verificou que aquela conta realmente pertence ao oficial do Exército. O presidente Jair Bolsonaro e seus ministros também têm selos de verificação em seus perfis na rede social.

Conta falsa de Eduardo Villas Bôas no Twitter. Foto: Reprodução/Twitter

O tuíte falso busca fazer referência a uma mensagem de fato publicada por Villas Bôas em abril de 2018, na véspera do julgamento, pelo STF, de habeas corpus que poderia beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na época, o general afirmou: “Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia”. A conta impostora adiciona uma frase inexistente no tuíte original, que fala sobre possíveis ações do Exército em reação à decisão do Supremo.

Após a repercussão, a conta falsa saiu do ar, o que indica que pode ter sido deletada ou ter mudado de nome. Em tuítes mais antigos do impostor de Villas Bôas, era possível perceber que o username anterior era @Pinguc0_.

Até a noite de quinta-feira, 7, o presidente Jair Bolsonaro e o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro seguiam a conta falsa de Villas Bôas no Twitter.

A Agência Lupa também publicou uma checagem sobre essa conta falsa.

Tudo o que sabemos sobre:

Eduardo Villas Bôas

Tendências: