Boato sobre acidente de filho de William Bonner e Fátima Bernardes é falso
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Boato sobre acidente de filho de William Bonner e Fátima Bernardes é falso

Informação falsa foi enviada ao WhatsApp do Estadão Verifica, (11) 99263-7900

Alessandra Monnerat e Caio Sartori

27 de fevereiro de 2019 | 05h00

Circula no WhatsApp e nas redes sociais a informação falsa de que o filho do âncora do Jornal Nacional William Bonner teria atropelado uma mulher e a deixado tetraplégica. O boato, enviado por leitores ao número do Estadão Verifica (11-99263-7900), distorce fatos de um acidente ocorrido em 2017.

O apresentador do Jornal Nacional William Bonner. Foto: Fabio Motta/ESTADÃO

Filho de Bonner e da apresentadora Fátima Bernardes, Vinicius Bonemer dirigia um veículo que colidiu com um caminhão e outro carro enquanto voltava de uma viagem a Búzios. O acidente ocorreu na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106). O âncora do JN chegou a se ausentar da bancada do noticiário para ficar com o filho.

Quem ficou mais gravemente ferido no acidente foi um amigo de Vinicius que dormia no banco traseiro, Giuliano Castro. Segundo a ‘Folha de S. Paulo’, Fátima Bernardes ajudou financeiramente no tratamento médico do jovem. Em postagens recentes no Instagram, Giuliano usa cadeira de rodas e mostra alguns exercícios de fisioterapia.

O boato diz ainda que a carteira de habilitação de Vinicius estava vencida no momento do acidente, o que é verdade — no entanto, como a Polícia Civil informou ao ‘Portal R7’, o documento estava “dentro do prazo de 30 dias no qual a legislação de trânsito brasileira prevê a possibilidade de renovação sem incidência de multa”. A corporação também informou que o jovem não apresentava sinais de embriaguez.

A mensagem também afirma que o caso foi abafado, outra informação falsa. O acidente repercutiu em vários veículos de imprensa na época.

No Twitter, uma publicação com a informação falsa teve 9,4 mil curtidas e 4,8 mil retweets. Esse boato também foi desmentido pelo site E-Farsas.

Tudo o que sabemos sobre:

william bonnerfátima bernardesfake news

Tendências: