Boato mexicano sobre tráfico de crianças dentro de carnes ganha impulso no Brasil
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Boato mexicano sobre tráfico de crianças dentro de carnes ganha impulso no Brasil

Publicação usa fotos fora de contexto para inventar que crianças estariam sendo transportadas dentro de carcaças de boi

Alessandra Monnerat e Tiago Aguiar

17 de dezembro de 2019 | 18h29

Uma publicação que alerta para uma “nova forma” de traficar crianças obteve mais de 18 mil compartilhamentos desde a semana passada — mas a história é falsa. O post usa uma foto editada e uma imagem antiga para inventar que uma cadeia de frigoríficos estaria transportando bebês dentro de peças de carne.

A mentira já havia circulado no México em março deste ano, e na ocasião foi desmentida pelo site Animal Político. Em espanhol, o boato acusava a empresa Carne Mart de participar em um esquema de tráfico de crianças no Estado mexicano de Veracruz. Os bebês seriam colocados em carcaças de animais levadas em caminhões frigoríficos.

Não é verdade que crianças sejam traficadas dentro de carnes. Foto: Reprodução/Facebook

A peça de desinformação é ilustrada pela foto de um caminhão com o logotipo da Carne Mart. A imagem, no entanto, foi editada. O veículo da fotografia original é branco e não tem logo. Segundo publicações de veículos locais, o caminhão foi abandonado em agosto de 2016 na cidade de Tlapacoyan, no México.

O Estadão Verifica procurou a Carne Mart, mas não obteve retorno. 

Outra imagem compartilhada no post mostra um bebê dentro de uma peça de carne. Por meio da ferramenta de busca de imagens TinEye, é possível encontrar outros registros mais antigos da foto. Publicações de 2018 em polonês e em árabe compartilharam a imagem sem nenhuma referência a tráfico de crianças.

Ao Animal Político, a Procuradoria do Estado de Veracruz informou que não havia nenhuma informação sobre um crime com as características descritas no boato. De acordo com o site, uma onda de desinformação sobre sequestro de crianças no México resultou no linchamento de dois homens no Estado de Puebla

O site E-Farsas também checou esse boato, selecionado por meio da parceria entre Estadão Verifica e Facebook.

Tudo o que sabemos sobre:

fake news [notícia falsa]méxicocarne

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: