Boato exagera benefícios de filha de Lula após nomeação como assessora no Senado
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Boato exagera benefícios de filha de Lula após nomeação como assessora no Senado

Lurian Cordeiro vai receber salário de R$ 10 mil em gabinete do senador Rogério Carvalho (PT-SE)

Alessandra Monnerat

13 de dezembro de 2019 | 15h19

Uma publicação no Facebook alega que a filha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Lurian Cordeiro, foi indicada a um cargo no Senado com salário de R$ 37 mil. Embora seja verdade que ela tenha recebido uma nomeação para o gabinete do senador Rogério Carvalho (PT-SE) na terça-feira, 10, a remuneração é de R$ 10.763,57, incluindo auxílio-alimentação.

De acordo com o Boletim Administrativo do Senado, Lurian ocupará a posição de Assistente Parlamentar Intermediário. Ela pediu demissão da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), onde ganhava salário líquido de R$ 5.715,49.

O post no Facebook alega ainda que a filha de Lula terá ainda carro com motorista e apartamento funcional. Isso também não é verdade. De acordo com a assessoria de imprensa do Senado, assistentes parlamentares não têm direito a esses benefícios. 

Veja a lista de senadores que utilizam imóvel funcional:

Documento

Veja a lista de senadores que utilizam carro oficial:

Documento

A foto que ilustra a publicação enganosa foi tirada pelo fotógrafo Wilton Júnior, do Estadão, durante uma manifestação em apoio a Lula no Rio de Janeiro em 2016.

Em 2016, Lurian Lula da Silva, filha do ex-presidente Lula, mostra o dedo, dizendo que não fala com a mídia golpista Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Este conteúdo foi checado por meio da parceria entre Estadão Verifica e Facebook

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: