Artigo de jornal italiano com elogios a Bolsonaro é de 2019

Artigo de jornal italiano com elogios a Bolsonaro é de 2019

Postagens no Facebook não deixam claro que texto é antigo; projeção de crescimento de 2% da economia naquele ano não se confirmou

Gabi Coelho

23 de junho de 2021 | 17h14

Perfis de simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas redes sociais têm compartilhado um texto do jornal italiano Libero Quotidiano retirado de contexto. Na verdade, o artigo de opinião é de novembro de 2019, e comenta as projeções para economia daquele ano. O título é “O duro Bolsonaro faz ressurgir o Brasil” e está disponível na versão impressa da publicação.

Uma postagem com quase 14 mil interações no Facebook destaca uma das frases do texto: “Depois do desastre socialista, em menos de um ano o governo faz a economia crescer 2%”. O post não deixa claro que o artigo é antigo, e que a projeção de crescimento não se confirmou — o PIB brasileiro teve aumento de 1,1% em 2019, segundo o IBGE. No ano seguinte, a pandemia do novo coronavírus contribuiu para um dos piores resultados da história, com queda de 4,1% em 2020.

Outros dados econômicos pioraram desde 2019. A taxa de desemprego subiu de 11,9% para 13,9% em 2020, o maior índice desde 2012. Em relação à inflação, o IPCA fechou 2019 em 4,31%; em 2020, esse índice chegou a 4,52%.

Liberto Quotidiano é um jornal fundado em 2000 com sede em Milão. A linha editorial é identificada com a direita e o liberalismo. A cobertura já causou polêmica ao negar a existência do aquecimento global e ao insultar a ativista ambiental Greta Thunberg. Em 2020, com a crise do coronavírus, o periódico publicou algumas reportagens em que criticava o presidente Jair Bolsonaro por falas sobre a covid e por não ter divulgado o resultado de testes para detectar a doença.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.