‘Aliança’ entre FHC e MST é boato infundado
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Aliança’ entre FHC e MST é boato infundado

Imagem no Facebook usa interpretação de tweet do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para espalhar desinformação

Alessandra Monnerat

10 de maio de 2019 | 11h39

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não propôs aliança entre PSDB e MST. Foto JF Diorio/Estadão

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não propôs uma aliança entre seu partido, o PSDB, e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). Uma publicação enganosa no Facebook que faz essa alegação obteve quase 13 mil compartilhamentos desde o dia 1º de maio. A desinformação se baseia em uma interpretação retirada de contexto sobre um tuíte do tucano de novembro do ano passado.

Após as eleições, FHC publicou em seu Twitter que os partidos de oposição deveriam se juntar a movimentos sociais com o objetivo de “filtrar” as ações do próximo governo, em prol do “interesse do Brasil”. A declaração se deu em um contexto de divergências internas no PSDB quanto ao posicionamento dos tucanos em relação a Jair Bolsonaro. Veja o tweet completo de Fernando Henrique:

Depois da repercussão da postagem, o site Renova Mídia interpretou a fala do ex-presidente como se FHC estivesse falando que “não veria nenhum problema em uma aliança entre seu partido, o PSDB, e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para conter a agenda do presidente eleito”. É o print do título desse artigo, sem contextualização, que viralizou na última semana no Facebook.

O que a imagem na rede social não informa é que o ex-presidente esclareceu sua fala, de novo no Twitter. FHC negou que tenha proposto aliança com o MST. “Contra extremos, sou radical do centro. O resto é mentira”, escreveu ele. Veja o tweet completo:

Esta verificação foi feita por meio da parceria entre o Estadão Verifica e o Facebook. Saiba mais aqui. Você também pode sugerir checagens por WhatsApp, ao número (11) 99263-7900.

Tudo o que sabemos sobre:

fhcpsdbMSTjair bolsonarofake news

Tendências: