Perillo liga para Carmen Lucia e critica governo federal

Eliane Cantanhêde

03 Janeiro 2018 | 21h23

O governador de Goiás, Marcone Perillo, telefonou para a presidente do Supremo e do CNJ, Carmen Lúcia, para agradecer as providências que ela tomou depois da rebelião no presídio de Aparecida de Goiás. Ele aproveitou para criticar o governo federal.

No telefonema, Perillo disse à ministra que a situação dos presídios é catastrófica e os estados, inclusive Goiás, não têm condições de reagir a isso sozinhos, mas o governo federal tem feito muito pouco na crise, mesmo sendo corresponsável pelo setor.

Ele sugeriu que Carmen Lucia reúna os governadores para discutir medidas comuns e a ministra se dispôs a ir pessoalmente ao estado para um encontro com representantes do Judiciário goiano. A situação em Aparecida de Goiás ainda não é considerada sob controle e dezenas de presos que fugiram ainda não foram recapturados.