Alvaro Dias diz que PNE é “desprezado”
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Alvaro Dias diz que PNE é “desprezado”

eleicao-mais-educacao

22 Agosto 2018 | 05h00

Renata Cafardo e Luiz Fernando Toledo

O candidato à Presidência pelo Podemos, Alvaro Dias, diz que há “desprezo” pelo Plano Nacional de Educação (PNE). “Certamente, se estivesse sendo executado, estaríamos evoluindo, e não assistindo ao retrocesso atual, especialmente no que diz respeito ao financiamento da educação.”

PNE  é uma lei, aprovada em 2014, que estabelece diretrizes, metas e estratégias de políticas públicas de educação para o País. Entre elas, está o aumento dos atuais 6% para 10% do PIB investidos em educação. 

Para Dias, não há exagero algum nas metas do plano. Ao menos 16 das 20 metas do PNE estão estagnadas, como colocar todas as crianças de 4 e 5 anos na escola.

Ele é o sexto entrevistado da série do blog Eleição+Educação. O calendário foi modificado pelo adiamento da divulgação das propostas do PT até que haja uma definição na Justiça sobre a candidatura.