“Você acha que o Janot se esqueceria dele?”, ironiza aliado sobre pedido de prisão de Cunha

“Você acha que o Janot se esqueceria dele?”, ironiza aliado sobre pedido de prisão de Cunha

.

Daniel Carvalho

07 de junho de 2016 | 08h47

ADCU318 BSB - 04/02/2015 - CÂMARA / CUNHA - POLITICA - Deputado Eduardo Cunha presidente da Câmara preside sessão no pleário da Câmara dos Deputados, em Brasilia. FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADAO

FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADAO

Um aliado do presidente da Câmara afastado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse reservadamente que o pedido de prisão do peemedebista por obstruir a Lava Jato já era esperado.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão da cúpula do PMDB: o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e do ex-presidente José Sarney (PMDB-AP). A informação foi confirmada pela Coluna do Estadão.

“Você acha que o Janot se esqueceria dele?”, ironizou um aliado de Eduardo Cunha. O presidente da Câmara afastado se diz alvo de perseguição do procurador-geral da República, para quem Cunha ainda manobra para influenciar no processo do Conselho de Ética que pede a cassação do peemedebista.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: