Vereador do MBL entra com ação para afastar da Embratur mulher de secretário da Pesca

Vereador do MBL entra com ação para afastar da Embratur mulher de secretário da Pesca

Marianna Holanda

20 de janeiro de 2021 | 08h00

Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

O vereador do MBL em São Paulo Rubens Nunes (Patriota) entrou na noite de terça-feira, 19, com uma ação popular na 16ª Vara Federal Cível do DF solicitando a demissão imediata de Catiane dos Santos Monteiro Seif da Embratur, esposa do secretário da Pesca. 

Nunes alega que o caso configura nepotismo, segundo os termos da súmula 13 do STF, e fere os princípios de moralidade e impessoalidade da Administração Pública. 

Além da exoneração, sob caráter de urgência, o vereador pede ainda a devolução dos salários de Catiane na Embratur. Caberá ao juiz analisar a liminar e pedir para que o Ministério Público se manifeste.

“Os cargos dos requeridos da família Seif – marido e esposa – estão diretamente ligados à influência do Poder Executivo, demonstrando a relação estreita que as posições têm com a Presidência da República”, diz trecho da ação popular.

Como a Coluna mostrou na terça-feira, a gerente de integridade e integração da agência é casada com Jorge Seif, mais conhecido como ‘06’ do presidente Jair Bolsonaro. 

Catiane foi nomeada em 2020 e exerce hoje o cargo mais alto de confiança da Embratur, com salário de mais de R$ 25 mil por mês. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.