Um dos supostos terroristas foi preso no interior do RS

-

Andreza Matais

21 de julho de 2016 | 14h54

Foto: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

Foto: Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

 

Um dos supostos terroristas alvo da Operação Hashtag, deflagrada nesta quinta-feira pela Polícia Federal, foi preso em Morro Redondo (RS), cidade de seis mil habitantes. De lá, ele foi levado para Pelotas. O destino é guardado sob sigilo. Ao ser levado pela polícia, ele saiu encapuzado. O Alvo teria 27 anos de idade.

No total, a PF prendeu dez pessoas e ainda procura outros dois supostos terroristas.

Por meio de medidas como quebra de sigilo telefônico e de dados, constatou-se a tentativa de organização do grupo para promoção de atos terroristas durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. O contato entre os indivíduos dava-se essencialmente por meio de redes sociais, Telegram e demais modos de comunicação virtual, espaço no qual também divulgavam ideais extremistas e de perseguição religiosa, racial e de gênero.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.