Tucanos podem ter dez capitais e já miram 2018

Coluna do Estadão

04 de outubro de 2016 | 05h00

Alckmin celebra a vitória de Doria Foto: divulgação campanha João Doria

Alckmin celebra a vitória de Doria /Foto: divulgação campanha João Doria

 

O resultado das eleições municipais deve garantir ao PSDB condição bastante favorável para a disputa presidencial de 2018. Os tucanos já venceram em São Paulo e Teresina e podem ganhar em mais oito capitais: Belo Horizonte, Porto Alegre, Belém, Campo Grande, Cuiabá, Maceió, Manaus e Porto Velho. Além de poder espalhar uma espécie de “onda azul” pelo País, essa força das urnas dará ao PSDB autonomia em relação ao governo de Michel Temer. Votará o ajuste fiscal, mas desembarcará da base no início de 2018, para tentar voltar ao poder.

O Instituto Teotônio Vilela (ITV), ligado ao PSDB, divulga hoje radiografia eleitoral mostrando que os tucanos levaram a melhor também no confronto direto com o PT.

Em 312 cidades, PSDB e PT tiveram candidatos a prefeitos simultaneamente. Em 114, os tucanos venceram. Em apenas 34, o PT ganhou. Nas outras 164, outras legendas venceram.