Tucanos evitam, agora, queda de braço na disputa à presidência em 2018

Tucanos evitam, agora, queda de braço na disputa à presidência em 2018

Coluna do Estadão

05 de outubro de 2016 | 05h15

arte aécio serra alckmin

SINAIS PARTICULARES. Geraldo Alckmin, José Serra e Aécio Neves, governador de SP, ministro das Relações Exteriores e presidente do PSDB.

Preocupados com o desgaste político, os tucanos querem esfriar o debate pela vaga de candidato à Presidência em 2018. Mas reconhecem ser tarefa quase impossível.