Tucanos veem Bruno Araújo ‘acima do tom’ em tuítes sobre futuro político de Eduardo Leite

Tucanos veem Bruno Araújo ‘acima do tom’ em tuítes sobre futuro político de Eduardo Leite

Camila Turtelli e Matheus Lara

16 de fevereiro de 2022 | 05h00

‘Nem sempre a grama do vizinho é mais verde’, escreveu Bruno Araújo (foto) em recado a Eduardo Leite. Foto: André Dusek/Estadão.

Tucanos avaliaram como “acima do tom” os tuítes do presidente do PSDB, Bruno Araújo, sobre Eduardo Leite. Enquanto o governador gaúcho tem despertado o interesse de outras siglas para um eventual projeto presidencial, o dirigente partidário foi a público sem rodeios deixar bem claro que conta com a permanência de Leite: “A grama do vizinho nem sempre é mais verde”, escreveu.”Eduardo não vai dar margens para o seu eleitor ficar em dúvida de suas posições”.

Para parlamentares da sigla, Araújo apenas botou mais lenha na fogueira dos já conturbados bastidores tucanos. Aliados de Eduardo Leite lembraram também que ele é ligado a movimentos cívicos, como a Raps, e desde o início da carreira política se mostrou pouco afeito a qualquer tipo de “caciquismo” na política.

Leite segue analisando possíveis rumos, com um olho no Sul e outro em Brasília: “Não vou me omitir. Vou ajudar a garantir a continuidade do trabalho que fizemos pelo Rio Grande do Sul”.

À Coluna, Leite comentou sobre o evento do último sábado no PSDB. “O pedido que me faziam os militantes era pra não deixar o governo e a política. Eu disse que não precisava pedir pra eu ‘ficar’ porque eu não iria sair (do governo e da política). Estarei envolvido. E acrescentei: esse papel pode ser cumprido sem necessariamente ser candidato.”

SINAIS PARTICULARES (por Kleber Sales). Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.