Texto da renegociação da dívida dos Estados deve ser novamente alterado

­

Coluna do Estadão

09 de agosto de 2016 | 17h26

O texto que trata da renegociação da dívida dos Estados deve ser mais uma vez alterado antes de ser votado em plenário nesta terça-feira. A proposta, defendida pelo governo, tem sido alvo de críticas por congelar salários de servidores e por impor restrições a Estados que não serão beneficiados pelo texto.

Deputados do nordeste foram até o líder do governo, deputado André Moura (PSC-SE), para reclamar, e ele está agora reunido com a bancada de Pernambuco. Deputados que saíram do gabinete do presidenete da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), garantiram que o texto será alterado. Já parlamentares que estiveram com Moura esperam que a ordem do Planalto seja votar o projeto para ganhar ou perder. (Daniel Carvalho)

Tudo o que sabemos sobre:

Dívida

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.