Terroristas seriam presos mesmo sem Olimpíada no Brasil

Terroristas seriam presos mesmo sem Olimpíada no Brasil

-

Luiza Pollo

22 de julho de 2016 | 06h30

Agentes da PF conduzem um dos suspeitos presos na Operação Hashtag, no Aeroporto Intercional de Guarulhos. Foto: Mário Ângelo/Sigmapress

Agentes da PF conduzem um dos suspeitos presos na Operação Hashtag no Aeroporto Intercional de Guarulhos, em SP. Foto: Mário Ângelo/Sigmapress

 

Investigadores dizem que os supostos terroristas alvos da Operação Hashtag seriam presos mesmo que não houvesse Olimpíada. As interceptações mostram que o grupo discutiu abertamente várias situações de risco para o País, muito mais concretas do que as descritas pelo ministro Alexandre de Moraes.

Na entrevista coletiva, se optou em falar apenas sobre tentativa de compra de fuzil e treinamento de artes marciais para não gerar pânico.

Os supostos terroristas ficarão presos no mesmo local, mas em celas separadas.

Tudo o que sabemos sobre:

Operação Hashtag

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.