Terrorista sírio tentou entrar no Brasil em maio deste ano

-

Andreza Matais

06 de julho de 2016 | 16h36

foto-nota

 

O terrorista sírio Jihad Diyab tentou ingressar no Brasil em maio deste ano, segundo fontes que trabalham no setor de inteligência do governo federal. Ele foi barrado pela Polícia Federal na cidade de Chuí, no Rio Grande do Sul, que faz fronteira com o Uruguai.

Na última semana, a Avianca divulgou alerta, revelado pela Coluna do Estadão, na qual informou a autoridades e outras companhias aéreas sobre a possibilidade de o terrorista ter saído do Uruguai para o Brasil.

O sírio é um ex-preso de Guantânamo e foi acolhido como refugiado no Uruguai em 2014, mas está há duas semanas desaparecido. Segundo fontes do governo brasileiro, antes de maio ele já havia tentando ingressar no país outra vez, também sem sucesso. A Polícia Federal informa que está atuando, mas diz que não há indícios de que ele tenha ingressado em território brasileiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.