STF absolve Russomanno e ele poderá concorrer à Prefeitura de São Paulo

STF absolve Russomanno e ele poderá concorrer à Prefeitura de São Paulo

­

Coluna do Estadão

09 de agosto de 2016 | 16h41

Foto: Celso Russomanno/Estadão

Foto: Celso Russomanno/Estadão

O Supremo Tribunal Federal absolveu o deputado federal Celso Russomanno de ter pago com dinheiro público a gerente de sua produtora de vídeo, entre 1997 e 2001. Com o resultado do julgamento, ele poderá ser candidato à Prefeitura de São Paulo.

O ministro Teori Zavascki votou pela condenação. Antes, o ministro Dias Toffoli havia votado pela absolvição. A ministra Carmem Lúcia votou pela condenação do deputado e reduziu em 1 mês a pena por peculato, que ficaria em 2 anos e 1 mês.

Zavascki manteve a pena em 2 anos e 2 meses, mas o ministro Celso de Mello votou pela absolvição. (Luísa Martins)

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.