Temer sai às 16h37 para compensar “horas extras” no Planalto

-

Tânia Monteiro

08 de julho de 2016 | 20h34

O presidente em exercício, Michel Temer | Dida Sampaio/Estadão

Para compensar as “horas extras” que tem feito no Planalto, o presidente em exercício Michel Temer encerrou seu expediente desta sexta-feira às 16h37. Desde que a mulher, o filho e a sogra se mudaram para o Palácio do Jaburu, na segunda-feira, o interino tem evitado reuniões de trabalho em sua residência oficial – algo que se tornou hábito nos primeiros 40 dias de governo.

Com isso, ele tem preferido marcar reuniões e jantares no próprio Planalto, estendendo sua jornada de trabalho. Durante toda a semana, ele saiu entre 22h e 23h e só ia dormir entre 2h e 3h, sendo que a agenda diária normalmente começa às 9h. A interlocutores, Temer se queixou de estar dormindo pouco.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.