Temer quer um diplomata para ser porta-voz do seu governo

Temer quer um diplomata para ser porta-voz do seu governo

­

Coluna do Estadão

14 de setembro de 2016 | 18h15

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Depois dos problemas enfrentados na área de comunicação, o Palácio do Planalto está à procura de um porta-voz. O objetivo do governo é “unificar o discurso” e evitar a “bateção de cabeça” que tem provocado danos e críticas ao presidente Michel Temer, que acabou precisando recuar em algumas propostas que foram divulgadas “precipitadamente”, enquanto ainda estavam em estudo. A ideia é que o porta-voz seja um diplomata e que ele responda diariamente às demandas da imprensa, repassando a opinião do governo, com sobriedade, sem qualquer juízo de valor.

De acordo com interlocutores do Planalto, o presidente procura alguém com o perfil semelhante ao de Sérgio Amaral, atual embaixador do Brasil nos Estados Unidos, que foi porta-voz no governo Fernando Henrique Cardoso. Mas ainda não há nomes sendo pesquisados. (Tânia Monteiro)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: