Temer ligou para Calero no início da noite para convencê-lo a ficar

Temer ligou para Calero no início da noite para convencê-lo a ficar

Coluna do Estadão

18 de novembro de 2016 | 19h55

marcelo calero

 

O presidente Michel Temer ligou para o então ministro da Cultura, Marcelo Calero, às 19h07, para saber se ele havia reconsiderado a decisão de deixar a pasta. Calero pediu demissão na noite de ontem. Temer ouviu uma negativa. Calero reforçou que estava mesmo decidido a sair. Presidente do PPS, Roberto Freire (SP), que já havia flertado com a cadeira no início do governo Temer, assume a pasta. (Andreza Matais)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.