Temer deseja para 2018 a continuidade das reformas; veja outras personalidades

Luiza Pollo

27 Dezembro 2017 | 05h30

A pedido da Coluna do Estadão diversas personalidades contaram o que desejam para 2018. A galeria será atualizada nas edições impressa e online da Coluna até o dia 1º de janeiro. Veja quem já apareceu por lá:

PRESIDENTE MICHEL TEMER: 

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

“Desejo a continuação das reformas. Ao lado do teto dos gastos, das reformas trabalhista e do ensino médio, espero a aprovação da reforma da Previdência e a simplificação tributária. Tudo isso para trazer mais emprego e renda à população. Um Brasil no século XXI, um país mais forte e moderno.”

PREFEITO DE SÃO PAULO, JOÃO DORIA (PSDB):

Foto: Felipe Rau/Estadão

“Desejo um ano de esperança e confiança no Brasil. Mais realista, otimista e menos populista.”

JUIZ SÉRGIO MORO, responsável pela Lava Jato:

Foto: Alex Silva/Estadão

“Desejo um 2018 com democracia e império da lei, andam juntas e uma não existe sem a outra.”

 

LUÍS ROBERTO BARROSO, ministro do Supremo 

Foto: André Dusek/Estadão

“Uma agenda patriótica que inclua responsabilidade fiscal, prioridade para educação, choque de livre-iniciativa e proteção social para quem de fato precisa.”

CÁRMEN LÚCIA, presidente do Supremo 

Foto: Dida Sampaio/Estadão

“Espero muito trabalho para vencer todas as formas de intolerância e garantir, nos termos da lei, o combate implacável à corrupção.”

 

RODRIGO MAIA, presidente da Câmara

Foto: André Dusek/Estadão

“Espero um 2018 com a melhora dos indicadores econômicos chegando de verdade na vida das pessoas. Redução das desigualdades e uma forte redução dos brasileiros vivendo abaixo da linha de pobreza”.

 

GILMAR MENDES, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Foto: Dida Sampaio/Estadão

“Espero que 30 anos após a promulgação da Constituição da República, o Brasil possa se unir em consensos básicos em 2018 e traçar novos caminhos para o desenvolvimento econômico, a redução da desigualdade social e o avançar da democracia.”