Temer ainda analisa que atitude tomar com relação a Jucá

-

Andreza Matais

23 de maio de 2016 | 08h41

O presidente da República em exercício, Michel Temer, ainda está avaliando o que fazer com relação ao ministro do Planejamento, Romero Jucá, que numa conversa com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado sugeriu um pacto para deter o avanço da Lava Jato. A transcrição do diálogo foi revelada pelo jornal Folha de S.Paulo. Jucá e Machado são investigados na operação. Interlocutores do presidente disseram que ele analisa que atitude tomar e que os dois não se falaram ainda hoje. 

Em entrevista à rádio CBN, Jucá afirmou que vai continuar trabalhando normalmente e considerou os diálogos que expõe uma articulação via Temer para interromper a Lava Jato como nada “que já não tenha dito abertamente”. “Não tenho nada a esconder. Pretendo continuar trabalhando, fazendo o que tenho que fazer. Não mudo meu foco, não estou preocupado com isso. Não passo um minuto do meu dia pensando na Lava Jato. Estou gastando meu foco para retomar o crescimento do país”, disse, complementando que irá ao Congresso para ajudar na aprovação da meta fiscal.