Suposto assédio sexual de Marco Feliciano chega ao Ministério Público

Suposto assédio sexual de Marco Feliciano chega ao Ministério Público

-

Coluna do Estadão

05 de agosto de 2016 | 17h09

ED1402261908 BSB 26/02/14 NACIONAL HUMANOS/PRESIDENTE O deputado Marco Feliciano na sua ultima sessao como presidente da Comissao de Direitos Humanos da Camara.FOTO ED FERREIRA/ESTADAO

Um ofício solicitando investigação sobre um suposto assédio sexual praticado pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP) chegou ao Ministério Público do Distrito Federal (MP-DF). Procuradora Especial da Mulher no Senado, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) endereçou a denúncia ao procurador-geral de Justiça, Leonardo Roscoe Bessa.

“A denúncia é mais um caso de assédio sexual, praticado por figura tida como zelador de direitos e garantias individuais, e mais uma demonstração do cenário machista que compõe nosso parlamento e sociedade. O grave relato da estudante que foi pressionada a sair de Brasília evitando um escândalo precisa ser investigado e a culpa atribuída ao autor do fato”, escreve a senadora.

A Procuradoria confirmou o recebimento do ofício e informou que será encaminhado para análise.

Documento

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.