Substitutivo deve propor financiamento alternativo para a Previdência

Substitutivo deve propor financiamento alternativo para a Previdência

Coluna do Estadão

18 de maio de 2019 | 05h00

Foto Reynaldo Stavale

No substitutivo da reforma da Previdência que deputados planejam apresentar, estuda-se incluir propostas alternativas de financiamento das aposentadorias. Seria uma maneira de o Congresso se diferenciar do governo de Jair Bolsonaro e se distanciar do discurso de que a reforma só prejudica os mais pobres. Os parlamentares ainda não bateram o martelo, mas está no radar taxar grandes fortunas, regulamentar jogos de azar e até destinar parte dos royalties do pré-sal e dos recursos do Sistema S, que o ministro Paulo Guedes pretende reduzir

Cautela. Marcelo Ramos (PR-AM), presidente da Comissão Especial, diz ser precipitado falar sobre fontes alternativas de financiamento. “Temos de aguardar as emendas. O substitutivo vai refletir o sentimento de toda a comissão”, disse.

Pancada. Mesmo os especialistas em mercado mais esperançosos com Jair Bolsonaro terminam a semana receosos. O texto compartilhado pelo presidente, em que fala de um país “ingovernável”, foi a última onda numa semana de tsunamis.

Magoou. Parlamentares do PSL dizem que Bolsonaro está “saturado” e que o texto traduz seus sentimentos. Para eles, o modelo de gestão não vai mudar, cabe ao Congresso se adaptar.

Posso estar… A articulação do governo está disparando ligações para deputados para saber o posicionamento deles em relação às MPs em pauta na Câmara.

…sabendo… Querem tomar o pulso porque devem pedir inversão de pauta para salvar a MP (870) do redesenho da Esplanada.

…seu voto? Um deputado chegou a cobrar Joice Hasselmann e a líder teria dito não ter nada a ver com a iniciativa, mas, ao telefonar para o número, a ligação caiu no gabinete dela.

SINAIS PARTICULARES.

GOVERNADORES.
Flávio Dino (PCdoB-MA)

Crédito: Kleber Sales

Sinal… Mauro Silva, presidente da Unafisco, alerta que a aprovação da MP 870, que altera a Esplanada e tira o Coaf da Justiça, pode comprometer a candidatura do Brasil na OCDE.

…de alerta. A MP contraria resoluções do Gafi, órgão cujo propósito é combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo, afirma Silva.

Segue a crise. Um major venezuelano, de um município fronteiriço, desertou e pediu asilo no Brasil. É o oficial com maior patente a pedir abrigo. O pedido, no entanto, é visto por autoridades daqui como um ato individual, não como avanço do apoio a Juan Guaidó.

Aproximação. Chamou a atenção de ministros do TST a participação do colega Ives Gandra Filho em uma mesa-redonda sobre “Equilíbrio, trabalho e família” ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Gandra é nome sempre lembrado para o Supremo.

CLICK. A ministra Damares no TST com a primeira-dama Michele Bolsonaro (à esq.), o ministro Ives Gandra e a procuradora-geral Raquel Dodge (de vermelho).

Fui. O Ministério Público paulista já sente os efeitos da reforma da Previdência: 40 pedidos de aposentadoria neste ano. O órgão tem hoje 300 vagas aguardando serem preenchidas e teme uma nova debandada se a mudança nas regras forem aprovadas sem alterações.

Vou. A OAB deve indicar na segunda-feira Marcos Vinicius Jardim (AC) e André Godinho (BA) para o Conselho Nacional de Justiça. Fernanda Marinela (AL) e Sandra Krieger (SC) são favoritas para as vagas dos advogados no conselho do Ministério Público.

PRONTO, FALEI!

TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

Mauro Benevides Filho, deputado federal (PDT-CE): “Tirar os Estados da reforma da Previdência por birra é criar um problema que cairá no colo da União”, sobre deixar que os Estados aprovem suas próprias reformas.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao