STF também autorizou mandados de prisão contra Cunha e Funaro

STF também autorizou mandados de prisão contra Cunha e Funaro

.

Andreza Matais

18 de maio de 2017 | 08h58

Foto: Dida Sampaio/Estadão

O STF autorizou a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha e do operador financeiro Lucio Bolonha Funaro na Operação Patmos, deflagrada nesta quinta-feira, em decorrência de fatos revelados na delação do empresário Joesley Batista. Os dois já estão presos. Na prática, os mandados significam que se conseguirem habeas corpus para serem soltos pelos crimes que motivaram suas atuais prisões, permanecerão encarcerados.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Eduardo CunhaLúcio Funaro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.