Sinais Particulares: Janot fará a lista, mas quem decide é Fachin

Sinais Particulares: Janot fará a lista, mas quem decide é Fachin

.

Andreza Matais

07 Março 2017 | 06h08

Ilustração: Kleber Sales

Ilustração: Kleber Sales

A equipe do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, trabalha dia e noite para concluir os pedidos de abertura de inquérito que serão encaminhados para o Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações da Odebrecht. Ontem, ainda não havia previsão de quando os processos estarão concluídos. No Congresso, a “lista de Janot” é minimizada com o argumento de que, ao final, quem vai decidir se abre ou não investigação é o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

Rodrigo Janot