Sinais particulares: Dez dias após publicação, lista do Fachin não chegou à PF

Sinais particulares: Dez dias após publicação, lista do Fachin não chegou à PF

Luiza Pollo

22 de abril de 2017 | 06h15

daiello

Sinais Particulares. Diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello. Ilustração: Kleber Sales

Dez dias depois de as decisões do ministro do STF Edson Fachin sobre a Lava Jato saírem no Diário da Justiça, os pedidos de diligências ainda não chegaram à PF. Somente depois disso, a equipe do diretor-geral, Leandro Daiello, pode cumprir as ordens. O STJ também não recebeu do STF os casos envolvendo nove governadores. “Devem ter mandado tudo pelo mesmo carteiro e o cara tirou férias”, brinca um ministro.

 

Tudo o que sabemos sobre:

PFfachin

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: