Servidor é exonerado após discordar de ajustes de leniência da SBM

-

Luiza Pollo

23 de junho de 2016 | 06h15

Servidor do Ministério da Transparência responsável por negociar acordos de leniência com fornecedores da Petrobrás, Marcelo Vianna foi exonerado da função depois de discordar de fazer ajustes no caso da SBM Offshore.

Vianna não se pronunciou. O ministério alega ter escolhido um substituto de perfil técnico.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Bastidores

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: