Sérgio Moro e Bretas participam de pré-estreia de filme sobre a Lava Jato

Sérgio Moro e Bretas participam de pré-estreia de filme sobre a Lava Jato

Talita Laurino, especial para a Coluna do Estadão

28 Agosto 2017 | 21h48

Foto: Talita Laurino

 

O juiz Sérgio Moro foi na pré-estreia do filme “Polícia Federal – A Lei é Para Todos” nesta segunda-feira, em Curitiba. É a primeira exibição do filme, que terá pré-estreias também em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília e será lançado no dia 7 de setembro. Moro foi acompanhado da mulher, Rosângela. Ele está sentado ao lado do juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro. Todos foram recebidos num tapete vermelho.

O evento também conta com a presença do delegado Igor Romário de Paula, coordenador da Operação Lava Jato e de procuradores. “Nós estamos aqui hoje convidados e curiosos para saber como ficou o produto final, ninguém ainda teve oportunidade de ver mais. Estou com a expectativa de quem gosta de cinema”, disse o delegado à Coluna. Ele contou que os atores acompanharam o dia a dia da PF para conhecer o trabalho dos delegados “para que eles tivessem condições de reproduzi-lo da forma mais fiel possível no filme”. O delegado é representado pelo ator Antonio Calloni.

Atores que participam do filme também prestigiam a pré-estreia. “Igor é um personagem fascinante. Ele é objetivo, cauteloso e muito responsável. Tive muito prazer em fazer esse papel”, disse Calloni que faz o papel do delegado. “Tomara que o filme proporcione um debate. Discordem do filme, debatam, mas divirtam-se”, complementou.

A atriz Flavia Alessandra, que interpreta a delegada Erika Marena, que batizou a Operação Lava Jato, também aposta que o filme irá contribuir para o debate sobre o que é considerado o maior escândalo de corrupção do mundo. “Acho que a gente quer fazer a sociedade pensar, são tantas coisas que acontecem que a gente acaba ficando anestesiado. A gente fez um thriller e eu tenho certeza que a gente vai conseguir contar uma história”.

Durante a exibição do filme investigadores comentavam em algumas cenas: – Lembra disso? Mas quem arrancou risos da plateia foi o japonês da federal pela semelhança com o agente.

O filme conta a história da Lava Jato desde que foi deflagrada até a condução coercitiva do ex-presidente Lula. Um segundo filme já está em fase de produção. Esse vai contar sobre a delação do empresário Joesley Batista, que acusou o presidente Michel Temer de corrupção. Perguntado pela Coluna sobre quantas fases o filme pode ter, Igor de Paula disse que já errou ao prever o fim da Lava Jato e prefere não arriscar mais.

Veja mais fotos do evento:

Foto: Talita Laurino – Delegado Igor de Paula, coordenador da Lava Jato

 

Foto: Talita Laurino/ator Antonio Calloni

Foto: Talita Laurino/atriz Flavia Alessandra

Mais conteúdo sobre:

Lava JatoSergio Moro