Senadores que são investigados pelo Supremo terão direito a voto na escolha de substituto de Teori

Senadores que são investigados pelo Supremo terão direito a voto na escolha de substituto de Teori

.

Luiza Pollo

20 de janeiro de 2017 | 05h15

Prédio do Supremo Tribunal Federal. Foto: Divulgação

Prédio do Supremo Tribunal Federal. Foto: Divulgação

Assim que for definida, a pessoa que substituirá  o ministro Teori Zavascki no Supremo será submetida à sabatina no Senado. Lá, sua aprovação será submetida ao voto de 24 senadores que estão sendo investigados pelo Supremo. E 13 deles são investigados pela Lava jato.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

SenadoTeori Zavascki

Tendências: