Senadores criticam “teatro” na sabatina informal de Moraes no PMDB

Luiza Pollo

16 de fevereiro de 2017 | 11h14

Foto: Adriano Machado/Reuters

Foto: Adriano Machado/Reuters

Peemedebistas presentes na sabatina informal de Alexandre Moraes na liderança do PMDB do Senado, na terça-feira, se irritaram com a encenação. Só Garibaldi Alves, Waldemir Moka e Kátia Abreu falaram, sem nenhuma pressão ao indicado. Moraes passará pela sabatina na CCJ do Senado na terça-feira da semana que vem para seguir ao Supremo. (Naira Trindade)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.