Senador quer que governo encontre quase R$ 40 bi para emendas em 2023

Senador quer que governo encontre quase R$ 40 bi para emendas em 2023

Mariana Carneiro, Julia Lindner e Gustavo Côrtes

29 de junho de 2022 | 05h01

Relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023, o senador Marcos do Val (Podemos-ES) quer que o Ministério da Economia encontre, de largada, os cerca de R$ 40 bilhões que deverão ser gastos no ano que vem em emendas parlamentares. Não foi assim nos últimos dois anos. O governo enviava a proposta sem os valores das emendas de relator, o chamado orçamento secreto, e iniciava uma longa negociação sobre onde cortar até acomodar o pedido de deputados e senadores. Do Val prevê em seu relatório que a reserva de valor tem de sair pronta da Economia, o que dá ao atual governo o ônus de escolher quais áreas ficarão sem dinheiro para cobrir despesas políticas em 2023, quando não se sabe quem estará no poder.

Senador Marcos do
Val. FOTO: EDILSON RODRIGUES/AG. SENADO

PAGUE. O valor diz respeito às emendas de relator, às individuais e às de bancada – todas impositivas, segundo a regra que ele quer emplacar.

PRONTO, FALEI! Kim Kataguiri, deputado federal (União-SP)

“Depois de queimar a cara, Bolsonaro é pego no flagra obstruindo a Justiça. Tenho um pressentimento de que isso dará cadeia”, disse, sobre áudio de Milton Ribeiro.

CLICK. Luana Tavares, ex-diretora do CLP

Lançou-se candidata à Câmara pelo PSD em evento com Gilberto Kassab, Felipe d’Ávila, Edu Mufarej, do RenovaBR, e Fábio Barbosa, da Natura.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.