Senador pede o básico à Saúde: divulgação atualizada das vacinas aplicadas no País

Senador pede o básico à Saúde: divulgação atualizada das vacinas aplicadas no País

Mariana Haubert

11 de fevereiro de 2021 | 10h00

Fabiano Contarato. FOTO: GABRIEL LORDELLO/ESTADÃO

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) enviou ao Ministério da Saúde ofício em que pede mais transparência na divulgação da aplicação de vacinas contra a covid-19 em todo o País. O senador destaca que há uma discrepância entre os dados divulgados pela imprensa, por meio de um consórcio de veículos do qual o Estadão faz parte, e as informações prestadas pela pasta.

O pedido de Contarato dá um pouco do tom do que será a audiência pública com Eduardo Pazuello, que acontece nesta quinta-feira, 11, às 15h, no Senado. Além de ter de explicar o básico, o ministro da Saúde será cobrado pelas ações e omissões da pasta frente à pandemia. Sua ida ao Congresso é parte da estratégia do governo para impedir a instalação de uma CPI.

Ainda no ofício, Contarato lembra que o ministério “tem um longo histórico de divulgar as informações sobre campanhas de vacinação por meio do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações”. “Dessa forma, poderia o Ministério da Saúde tomar a liderança na divulgação das informações sobre a campanha de vacinação contra a covid-19”, escreveu. O senador pede ainda que o ministério divulgue também quantas doses foram enviadas para cada Estado.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Fabiano Contaratocovid-19Eduardo Pazuello

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.