Após grampo, ministro da Justiça fica de fora de reunião com Temer sobre Carne Fraca

Luiza Pollo

20 Março 2017 | 06h30

Foto: Sergio Neves/Estadão

José Levi, secretário do Ministério da Justiça. Foto: Sergio Neves/Estadão

Mesmo sem agenda no Rio Grande do Sul, o ministro Osmar Serraglio (Justiça) não participou da reunião com Michel Temer, em Brasília, ontem, que tratou da Operação Carne Fraca.

Coube ao número 2 do ministério, José Levi, acompanhar a reunião ao lado de Michel Temer.

Serraglio aparece em interceptação telefônica chamando o líder do esquema da Carne Fraca, Daniel Gonçalves, de “grande chefe”. O ministro nega que tenha indicado Gonçalves.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

secretário substituto