RenovaBR abre curso extra após alta procura

AO VIVO

Eleições: 2020: notícias, resultados e apuração do 2° turno

RenovaBR abre curso extra após alta procura

Coluna do Estadão

07 de janeiro de 2020 | 05h00

Tabata Amaral (PDT), Marcelo Calero (Cidadania), Joênia Wapichana (Rede) e Felipe Rigoni (PSB) estão entre os membros do RenovaBR Foto: Divulgação/RenovaBR

Nova sensação da política brasileira, o RenovaBR decidiu abrir novo processo seletivo, à meia-noite desta quarta-feira, 8, para atender interessados em se candidatar a prefeito ou vereador ainda neste ano. De acordo com o movimento, fundado (e capitaneado) pelo executivo Eduardo Mufarej e do qual fazem parte Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES), a decisão foi motivada pela alta procura. Conforme mostrou o ‘Estado’, o sucesso eleitoral de egressos de movimentos civis tem levado partidos antes refratários à tendência, como PT, PSOL e PSD, a assediar vários alunos antes mesmo da formatura deles.

Ouro. Segundo líderes partidários, a eleição deste ano ainda deverá se apoiar na fórmula “nova” contra “velha política” e os jovens oriundos dos movimentos são um grande atrativo para as siglas tradicionais.

Grade. O novo curso RenovaBR Cidades terá duração de três meses e contará com de 31 disciplinas e 47 especialistas de diversas áreas. A turma do ano passado formou 1.170 alunos de 410 cidades. Os interessados devem se inscrever no site da instituição: renovabr.org

CLICK. A deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) e o filósofo João Vicente Goulart assinam, na embaixada do Irã, o livro de condolências do general Qassim Suleimani.

Coluna do Estadão

Mudando… Ao contrário de 2018, quando entregou uma carta-compromisso aos candidatos à Presidência, o movimento de renovação política Agora! optou por não procurar ninguém em particular neste ano.

…a abordagem. O grupo, do qual Luciano Huck faz parte, mudou de estratégia e fechou uma proposta detalhada sobre o que defende. Só na educação, em mais de cem páginas, traça diagnósticos e estratégias sobre crise na aprendizagem e foco na primeira infância. O documento será público.

Calendário. Interlocutores de Huck se dividem sobre o timing para ele lançar uma eventual candidatura a presidente. Uma ala diz que a campanha só começa no segundo semestre de 2021, quando há também a renegociação do seu contrato com a TV Globo. Outra acha que, se esperar até 2021, ficará em cima.

SINAIS  PARTICULARES.
Luiz Eduardo Ramos,
ministro da Secretaria de Governo

Kleber Sales

Onda. Após um final de ano complicado na relação de Jair Bolsonaro com o Congresso, o articulador político do Planalto, o ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) se definiu, em entrevista recente à TV Brasil, como um “surfista de tsunami”. Para aliados dele, faz sentido.

Ô abre alas… O primeiro grande evento do Aliança Pelo Brasil para coleta de assinaturas ocorreu no final de semana no Ceará, reduto da família Gomes. No evento “piloto”, conseguiram aproximadamente 1,5 mil assinaturas, que, junto às 3,5 mil que já haviam obtido, ultrapassa um pouco o necessário no Estado.

…que eles… Para a criação de um partido, o TSE exige um porcentual por Estado. No caso do Ceará, é de aproximadamente 4,5 mil. A ideia do grupo é continuar na investida para ter ganhar alguma “gordura”.

… querem passar. Bolsonaro fez uma live durante o evento com a plateia. A ideia é que ele repita o gesto nos próximos eventos. O presidente prometeu a dirigentes do Aliança que vai ajudar mais o partido a partir deste mês. A ver.

Camisa 10. O relator do Código Brasileiro de Energia Elétrica na Câmara, Lafayette de Andrada (Republicanos-MG), comemorou a campanha de Bolsonaro para barrar a taxação da energia solar: “Considerando os benefícios dela e importância estratégica, o presidente fez gol de placa”.

PRONTO, FALEI!

Fabiano Contarato. FOTO: GABRIEL LORDELLO/ESTADÃO

Fabiano Contarato, senador (Rede-ES): “Em mais uma de suas bravatas, o Presidente que defende a ditadura diz que os jornalistas entrarão em extinção. Ledo engano! Quanto mais ele desmerecer a imprensa, um dos pilares da democracia, mais a sua credibilidade, já em baixa, cairá por terra. Espero que os únicos animais que corram risco de extinção sejam os políticos demagogos. Que a imprensa cumpra sempre seu papel, sem tomar partido.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA.

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

renovabr

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: