Renan não quer pressa para a sua sucessão

Renan não quer pressa para a sua sucessão

­

Coluna do Estadão

03 de novembro de 2016 | 05h00

O presidente do Senado, Renan Calheiros. Foto: André Dusek/Estadão

O presidente do Senado, Renan Calheiros. Foto: André Dusek/Estadão

A sucessão para a Presidência do Senado parece dada como certa com a candidatura única de Eunício Oliveira (PMDB-CE), mas não é bem assim. Renan Calheiros está incomodado com a antecipação dessa discussão. Ele disse em conversas com interlocutores nesta semana que “não é bom antecipar o debate, pois isso pode contaminar a votação da PEC do Teto do Gasto”, proposta prioritária do governo para arrumar a economia. Quem ouviu entendeu como recado do senador na linha “não tentem me atropelar, senão eu posso melar o projeto”.

Renan não quer ser escanteado antes da hora. O mandato dele termina apenas em fevereiro de 2017.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Renan Calheiros

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.