Renan e Maia farão rodízio para substituir Temer no Planalto

Renan e Maia farão rodízio para substituir Temer no Planalto

Presidentes das duas Casas combinaram se alternar para substituir Michel Temer quando estiver fora do País

Coluna do Estadão

31 de agosto de 2016 | 06h00

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fecharam um acordo de rodízio com o presidente Michel Temer para que ambos possam assumir interinamente a presidência da República. A cada viagem internacional, um deles será chamado a acompanhar Temer. O que ficar comanda o Planalto.

Na primeira rodada, Maia é quem assume a presidência. Renan irá na comitiva de Temer para a China.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Tem pra todos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.